OAB-PB recebe visita do advogado Marlon Reis, um dos idealizadores da Lei da "Ficha Limpa"


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Harrison Targino, se reuniu, nesta quinta-feira (04), com o advogado e ex-juiz Marlon Reis, um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa.


O presidente da OAB-PB, Harrison Targino, destaca que Marlon Reis é uma referência do cenário jurídico nacional e internacional, por isso é muito importante recebê-lo na Seccional para tratar de temas comuns de interesse da advocacia. Harrison Targino destaca que Marlon é também referência da advocacia negra no Brasil.


“Tivemos o prazer de receber um referência da advocacia nacional, do mundo do Direito, que é Marlon Reis, que visitando à Paraíba fez a gentileza de visita a OAB para tratar de temas comuns, como a nova redimensão das ações civis públicas e representação de grupos que Marlon tem feito recentemente, além toda sua a história de dedicação a causa da boa Justiça”, declarou Harrison.



Marlon Reis, por sua vez, disse ser uma grande honra voltar a OAB da Paraíba e se colocou à disposição do presidente Harrison Targino e de toda a advocacia para contribuir em causas de interesse da classe e de toda a sociedade paraíbana.



“Contem sempre comigo como colaborador, alguém para auxiliar o trabalho que tão bem vocês desenvolvem aqui. È honra estar aqui”, declarou.




Também participaram o conselheiro federal da OAB, André Cabral; a secretaria da Comissão da Verdade da Escravidão Negra da OAB Nacional, Francisca Leite; e o advogado Donato Henriques, membro da Comissão de Combate ao Racismo e a Discriminação Racial.


Ficha Limpa



Márlon Jacinto Reis, é um jurista, advogado e ex-magistrado brasileiro. É um dos idealizadores e redatores da Lei da Ficha Limpa, que impede a participação eleitoral de candidatos que tenham sofrido condenações criminais em âmbito colegiado. A lei, fruto de uma iniciativa popular, foi aprovada após a coleta de 1,6 milhões de assinaturas e a mobilização de outros milhões de brasileiros. A lei já barrou mais de 1.200 candidatos em todo o Brasil.













37 visualizações