Caravana: OAB-PB lança Aplicativo e Manual das Prerrogativas do advogado

A comissão de Defesa das Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB) lançou, na noite desta terça-feira (25), o aplicativo (somente para Android) e o Manual das Prerrogativas da OAB-PB. O lançamento aconteceu dentro das atividades da Caravana Nacional Das Prerrogativas e inauguração do novo Espaço do Advogado, que fica no andar térreo do prédio sede da OAB-PB, localizado na rua Rodrigues de Aquino, 37, Centro de João Pessoa (PB), e ostenta o nome do ex-Presidente Arlindo Carolino Delgado.

O evento contou com a presença do presidente da OAB Nacional, Cláudio Lamachia, que está na Paraíba participando do lançamento da Caravana, que cobrirá todas as regiões do estado, com paradas nas cidades de João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras.

Também estiveram presentes o presidente da OAB-PB, Paulo Maia, do vice-presidente da OAB-PB, Raoni Vita, do secretário geral da Ordem, Assis Almeida, do secretário-geral adjunto da OAB Nacional, Ibaneis Rocha, do procurador nacional das Prerrogativas, Charles Dias, do presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-PB, Allyson Fortuna, do vice-presidente da comissão nacional de Prerrogativas, Cássio Teles, e de familiares do homenageado, a exemplo da esposa Ilma Delgado e dos filhos Ubiratan Delgado (presidente do TRT-PB) e Yordan Delgado (Procurador da República).

Ainda prestigiaram a solenidade os conselheiros federais da OAB: Delosmar Mendonça, Rogério Varela e Edward Johnson, o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba (CAA-PB), Carlos Fábio, conselheiros estaduais, presidentes de Comissões e diversos advogados paraibanos.

Segundo o presidente da comissão, Allyson Fortuna, o Manual foi criada a partir das cartilhas da OAB Nacional, das Seccionais dos estados de São Paulo e Minas Gerais, o qual o transformou mais didático.

“Tivemos a preocupação de passar para o advogado os seus direitos, os quais muitos não têm conhecimento, de forma objetiva, com perguntas e respostas fundamentadas. Então, o advogado não precisará mais ler um texto, ou uma cartilha grande, para saber dos seus direitos e como deverá proceder, quando suas prerrogativas forem violadas”, disse Allyson Fortuna.

“Outro lançamento importante foi o do aplicativo em defesas das prerrogativas. Agora ficará mais fácil os advogados fazerem suas denúncias no momento que suas prerrogativas forem violadas”, acrescentou o presidente da Comissão.

Allyson Fortuna lembra que o aplicativo, por enquanto, somente está liberado para o sistema Android e que está aguardando a liberação no sistema iOS.

0 visualização