top of page

Paulo Maia visita advogados de Taperoá e discute melhorias no funcionamento do Judiciário local

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, e uma comitiva de advogados visitaram, na manhã desta segunda-feira (05), escritórios de Taperoá, onde foi discutido com os advogados locais a possibilidade de instalação de uma Sala da Advocacia no Fórum da cidade.

Também foram discutidos os problemas do funcionamento do Judiciário que está prejudicando o trabalho dos advogados da região, a exemplo da questão da coletoria que responde pela Comarca, que não é na cidade e o coletor em Juazeirinho não está aceitando decisões judiciais de causa morte e exige que faça uma ação extra-judicial; reativação do INSS Digital; a marcação de audiências do JECRIM (Juizado Especial Criminal ); o termo de audiência que não é juntado no mesmo dia, chega a ser três meses depois; e o desrespeito a ordem cronológica para despachos dos processos do PJe.

Além de Paulo Maia, a comitiva da OAB-PB estava composta pelo presidente da Comissão da Jovem Advocacia, Rafael Targino, e o membro Cairo Soares; o presidente da Subseção de Patos, Paulo Cesar Medeiros; o vice-presidente da Subseção, Junior Pinheiro; o secretário Tiago Nóbrega; e o conselheiro estadual Gustavo Nunes.

Paulo Maia e a comitiva da OAB-PB foram recepcionados pelos advogados de Taperoá: Manoel Dantas Vilar; Marcos Dantas Vilar; Humberto Cardoso; e Marcelo Dantas Lopes.

Paulo Maia destacou que esta foi a primeira visita que um presidente da OAB-PB fez a Taperoá. Com relação aos pleitos, o presidente ressaltou que a instalação da Sala da Advocacia no Fórum local é a principal reivindicação.

Paulo Maia explicou que já procurou o juiz da Comarca, Rodrigo Augusto, para marcar uma audiência, entabular os pleitos da advocacia e tentar resolver as situações.

“O magistrado já informou a impossibilidade física de ceder um espaço nas dependências do Fórum para a instalação da sala da Advocacia, mas já expulsemos a ele a possibilidade de construir dentro do Fórum o Espaço, tal qual foi feito em Cajazeiras e ele se dispôs em abrir a possibilidade. Da próxima vez que fomos a Taperoá para despachar com o magistrado já levaremos a equipe necessária para verificar o melhor local para construção da sala”, declarou.

Blitz das Prerrogativas

Na oportunidade, ficou agendado que a visita ao juiz Rodrigo Augusto será através do projeto Blitz das Prerrogativas, para reparar e solucionar determinadas situações que violam as prerrogativas na Comarca.

1 visualização

Comments


bottom of page