top of page

OAB-PB realiza desagravo público em favor de advogado de Cajazeiras

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), realizou, nesta quinta-feira (10), desagravo público em favor do advogado Francisco Evangelista Nobre da Silva.

O ato, comando  pelo presidente da OAB-PB, Paulo Maia, foi realizado em frente ao batalhão da Polícia Militar da cidade de Cajazeiras, contra um tenente da PM, que no último mês de novembro agrediu, física e verbalmente, o advogado durante uma blitz da polícia, no bairro Vila Nova.

Segundo relato do advogado, ele e seu irmão estavam na calçada da casa de sua mãe, observando a blitz, quando foi abordado violentamente pelo PM, mesmo tendo se identificado como advogado e apresentado a carteira da OAB.

Francisco relata que o tenente colocou uma pistola na sua cabeça, jogou sua carteira no chão, chutou seus calcanhares e o chamou de vagabundo. “O abuso policial teve o claro propósito de vilipendiar publicamente o mumus de advogado”, afirma Francisco.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, destaca que a Seccional “jamais vai aceitar violações das prerrogativas e estará presente em qualquer região do estado para defender os direitos da sociedade e dos advogados”.

Além de Paulo Maia, particiram do desagravo o vice-presidente da OAB-PB, João De Deus Quirino; o secretário geral, Felipe Mendonça; o presidente da Subseção de Cajazeiras, Jone Pereira; o presidente em exercício da Subseção de Sousa, José Braga; o secretário geral da Subseção de Cajazeiras, Ernane Quirino; a secretária adjunta, Lilian Tatiana; a presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-PB,  Janny Milanes; e o procurador de Prerrogativas, Bráulio Rolim.

8 visualizações

Comments


bottom of page