top of page

OAB firma convênio com o Instituto de Certificação e Formação de Mediadores Lusófonos

Atualizado: 22 de nov. de 2023


A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), e o Instituto de Certificação Formação de Mediadores Lusófonos (ICFML) firmaram convênio, nesta quinta-feira (17), que tem como finalidade estabelecer o desenvolvimento da mediação e a transferência de conhecimento entre as duas instituições.


Na tarde de hoje, o presidente da OAB-PB, Harrison Targino; a presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB-PB, Tatianne de Lacerda Barros; e Coordenador das Comissões da OAB-PB, Raphael Vianna; participaram de reunião híbrida com o presidente do Polo Brasil do ICFML e membro da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB-RJ, Monica de Salles Lima (participação virtual); e a vice-presidente de Relações Institucionais do ICFML e presidente do Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem, Soraya Nunes (participação virtual), para formalizar os termos do convênio.


O presidente da OAB-PB, Harrison Targino, destaca que o convênio oferece a oportunidade para que advogados e advogadas se aperfeiçoem, conheçam meios adequados para a solução de conflitos sob uma ótica não só brasileira, mas também portuguesa ou dos países que falam a língua portuguesa, “uma vez que o ICFML é oriundo de Portugal e também de outros países que falam a língua portuguesa”.


Já a presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB-PB, Tatianne de Lacerda Barros, explicou que, além de possibilitar o intercâmbio de conhecimentos, “financeiramente falando, o convênio também possibilita descontos nos eventos, nos cursos, nos congressos que o ICFML promove”.


“Inclusive, todo mês de janeiro eles fazem um evento na cidade do Porto, em Portugal, onde tem especializações, palestras, de modo que os advogados vão poder se aprofundar acerca da mediação, da conciliação, da arbitragem, além do network que é possível fazer, porque nós temos pessoas do mundo inteiro, não só da língua portuguesa, mas nós temos americanos, temos argentinos, espanhóis, que são também países que propagam e estão até um pouco mais avançados do que o Brasil com relação aos meios adequados de solução de conflito. Então, é um convênio que vai agregar muito para nós aqui da Paraíba e vai auxiliar, de fato, o advogado a conhecer melhor os métodos”, declarou.


127 visualizações

Comments


bottom of page