top of page

Prova da 2ª fase do concurso para Procurador de Prerrogativas da OAB-PB acontece em 07 de novembro


A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), publicou, nesta quarta-feira (24), o EDITAL de convocação para a realização da prova discursiva dos aprovados no Processo Seletivo para contratação e formação de cadastro de reserva da carreira de Procurador de Prerrogativas da Instituição.


A Prova Discursiva será realizada no próximo dia 07 de novembro, no auditório do 6º andar, do prédio sede da OAB-PB, localizado na Rua Rodrigues Aquino, 37, centro de João Pessoa, das 14h às 17h. “Não será admitido, em hipótese alguma, o ingresso de candidato no local de realização da prova após o horário fixado para o seu início”, diz trecho do edital,


A prova objetiva foi realizada no último dia 08 de outubro e sete candidatos foram aprovados para a segunda fase. O salário inicial é de R$ 4.180 (quatro mil, cento e oitenta reais) com uma carga horária de 40h/s.


Comissão Organizadora


O certame está sendo organizado por uma Comissão composta pelo secretário-geral da OAB-PB, Rodrigo Farias (presidente); o ex-presidente da Ordem, Paulo Maia; os conselheiros federais Rodrigo Toscano e Marina Gadelha; a secretária-geral Adjunta e corregedora-geral da OAB-PB, Larissa Bonates; e da atual procuradora de prerrogativas, Itala Viana.


Compromisso de Campanha


O presidente da OAB-PB, Harrison Targino, destaca que o concurso é mais um compromisso de campanha efetivado pela atual gestão. Ele explicou que a Procuradoria de Prerrogativas da OAB-PB já existe e atua, em conjunto com a Comissão de Prerrogativas, na defesa o exercício profissional da classe.


"Todo o sistema de prerrogativas não recebe nada em troca da ação que faz ao outro e a sua profissão. O acompanhamento do processo em si, decorrente de toda essa atividade de defesa, muitas vezes exige uma atenção específica. Por isso estamos fazendo essa profissionalização em número compatível com as condições econômicas da OAB ", declarou.


"Vamos fazer essa seleção para que um colega possa defender com liberdade, com autonomia, recebendo para tanto e reforçando um sistema que é da defesa da advocacia, que é o sistema de prerrogativa", acrescentou Harrison Targino.


O presidente da Comissão, Rodrigo Farias, destaca que o concurso “é um passo importante na profissionalização cada vez maior das defesas das prerrogativas e mais um compromisso cumprido por essa gestão”. “Foi uma de nossas plataformas de campanha e é com muita satisfação que estamos dando um passo decisivo para concretizar essa proposta”, disse.


CONFIRA O EDITAL NA INTEGRA CLICANDO AQUI

Opmerkingen


bottom of page