top of page

OAB-PB inaugura Sala dos Advogados na Central de Polícia de João Pessoa

A Ordem dos Advogados Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), inaugurou, no final da tarde desta segunda-feira (15), a Sala dos Advogados na Central de Polícia de João Pessoa, em uma parceria entre a Instituição e o Governo do Estado. A solenidade, comandada pelo presidente da OAB-PB, Paulo Maia, e pelo delegado geral da Polícia Civil, João Alves; foi bastante prestigiada, contando com a presença de diversos advogados, delegados e policiais.

Além de Paulo Maia e João Alves, destaca-se também as presenças do secretário geral da OAB-PB, Assis Almeida; do superintende da Polícia Civil em João Pessoa, Marcos Paulo Vilela; do presidente da Comissão da Justiça Criminal da Paraíba, Rafael Vilhena; do presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-PB, Allyson Fortuna; do procurador das Prerrogativas, Italo Oliveira; dentre outros.

No novo equipamento, os advogados terão um espaço confortável, climatizada, com mesas, computadores, impressora, acesso a internet, scanner e todo material de expediente necessário para atender a atividade profissional da advocacia.

O presidente da Comissão da Justiça Criminal da OAB-PB, Rafael Vilhena, destacou que “a sala dos advogados da Central de Polícia é uma conquista da advocacia paraibana, um importante equipamento, onde o advogado pode contar com toda a estrutura necessária para desempenhar suas atividades”. Ele também agradeceu ao comando da Polícia Civil por ter cedido o espaço. “A Polícia Civil sempre está de mãos dadas com a advocacia, atentos aos pleitos dos advogados e da sociedade”, afirmou.

Já o delegado João Alves, diretor geral da Polícia Civil, destacou que é uma satisfação ceder o espaço, porque entende que o advogado é imprescindível para a concepção do processo criminal. “Não se faz Justiça sem o advogado. Essa sala reflete também nossa intenção de trabalhar juntos e defender as prerrogativas dos advogados. A cessão dessa sala é sinônimo de que a gente quer uma relação harmônica, pacífica e ordeira”, afirmou.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, por sua vez, ressaltou que a sala é muito mais emblemática e simbólica de que o espaço físico, representa a cultura de convergência, que é muito importante no estado republicano.

“Essa sala de hoje reflete uma grandeza da Polícia Civil, a intenção de caminharmos juntos para que os homens de bem tenha seus direitos respeitados e os bandidos sejam penalizados. Muito mais que o espaço, a sala representa o respeito, mostra que o trabalho de todos é indispensável para que tenhamos um estado seguro. Nós da OAB-PB reconhecemos o trabalho brilhante que a Polícia Civil realiza no nosso Estado”, afirmou.

2 visualizações

Comments


bottom of page