OAB-PB e TCU discutem parcerias para combater à corrupção na Paraíba


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Harrison Targino, se reuniu, nessa segunda-feira (1º), com o secretário chefe do Tribunal de Contas da União (TCU), Marcio Sueth, para discutir parcerias e ações comuns entre as duas Instituições de combate à corrupção e compliance no Estado.


“O objetivo da parceria é aumentar a participação social no controle da administração pública, além de capacitar as administrações para evitarem equívocos e erros, criando procedimentos de adequações às normas, leis, padrões éticos e regulamentos internos e externos de gestão. Enfim, falamos de diversos projetos comuns numa afirmação das convergências que temos com as ações do TCE”, declarou o presidente da OAB-PB.


Na oportunidade também foi defina a realização de um curso voltado para os advogados administrativistas, que têm atuação no Tribunal de Contas.


O secretário chefe do TCU, Marcio Sueth, ressaltou que “o apoio da OAB, pela sua relevância e por ser tratar de uma das principais associações de classe do país será fundamental na implementação do Programa Nacional de Combate à Corrupção (PNPC) na Paraíba, programa este que busca aprimorar e desenvolver a cultura da integridade e a gestão da ética pública”.


“Como servidor do Tribunal de Contas da União e representando o Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB), agradecemos a recepção e o interesse da OAB-PB, na pessoa de seu presidente, em colaborar em pautas e ações de interesses comuns. Tanto o Focco-PB e OAB/PB podem também contribuir, ao longo da campanha eleitoral deste ano, no combate à disseminação de fatos inverídicos, bem como à violência política de gênero. E por fim, ambas entidades poderão trabalhar conjuntamente no fortalecimento de uma maior participação cidadã no controle social dos gastos públicos”, declarou Marcio Sueth.


A vice-presidente da OAB-PB, Rafaella Brandão, e a tesoeureira, Leilane Soares, também participaram da reunião.

67 visualizações