top of page

OAB-PB aprova criação de medalha para homenagear advogados com mais de 50 anos de atuação

O Conselho Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), aprovou, nessa segunda-feira (30), por unanimidade, criação da Comenda “Medalha Lylia Guedes”, que será outorgada aos advogados com 50 anos de atuação ininterrupta e que não tenham sofrido nenhuma sanção disciplinar no âmbito da OAB.

Lylia Guedes foi a primeira mulher a se inscrever no Instituto dos Advogados, hoje, Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba. Lylia Guedes nasceu em 1900 e se tornou advogada em 1932. Seu número de inscrição na OAB foi o 63.

De acordo com Paulo Maia, a advocacia é uma profissão que é abraçada de maneira contínua, uma profissão importante no Estado de Direito e que tanto é, que há homens e mulheres que exerceram esse brilhante trabalho, essa digníssima profissão durante mais de 50 anos.

“Reconhecer o trabalho e o exercício da profissão desses homens e mulheres durante 50 anos de forma ininterrupta e sem sofrer sanção, é ao mesmo tempo o reconhecimento dessa atuação e o estímulo para que mais homens e mulheres possam também trilhar a profissão da advocacia”, destacou.

Paulo Maia concluiu, dizendo que a Comenda é mais uma forma de consolidação do plano de valorização da mulher advogada. Ele também parabenizou a advocacia paraibana e o Conselho Estadual da OAB-PB.

8 visualizações

Comments


bottom of page