top of page

Lamachia abre oficialmente Conap e elogia organização do evento que reúne centenas de advogados

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, abriu oficialmente, na noite desta quarta-feira (18) a VII Conferência Estadual da Advocacia Paraibana durante solenidade no Centro Cultural Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), localizado no Bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

Este ano, o tema central da Conap é: “A advocacia e os direitos fundamentais na atualidade”. O início dos trabalhos da Conferência aconteceu no período da manha com grupos de discussões em diversas áreas: Jovem Advocacia, Mulher Advogada, Prerrogativas, Interiorização, Reforma Trabalhista, Advocacia Pública, Direitos Humanos e Ensino Jurídico. A programação da Conap será encerrada nesta quinta-feira (19).

O evento está discutindo temas de grande relevância para a advocacia do Estado e do Brasil e reúne grandes nomes do Direito nacional e estadual, a exemplo do vice-presidente da OAB Nacional, Luis Cláudio Chaves; o diretor tesoureiro do CFOAB, Antonio Oneildo Ferreira; o presidente da OAB-RJ, Felipe de Santa Cruz; e o membro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Valdetário Andrade Monteiro.

“As Conferências Estaduais da Advocacia são importantes espaços de deliberação e reflexão sobre a advocacia e a sociedade, amadurecendo diversos aspectos para debate durante a Conferência Nacional”, destaca Lamachia. A XXIII Conferência Nacional da Advocacia Brasileira acontece entre 27 e 30 de novembro, em São Paulo.


Lamachia elogiou a OAB-PB pela escolha do tema. “O presidente Paulo Maia está de parabéns, pela organização do evento e pela escolha do tema. Vivemos uma quadra muito difícil no Brasil e debater garantias fundamentais é essencial”, declarou. Ele também lembrou em seu discurso a história de lutas da Ordem, sempre em sintonia com a defesa dos interesses sociais e as garantias institucionais.

O vice-presidente da OAB, Luis Cláudio Chaves, também ministrou palestra na abertura da Conferência.

Além de Lamachia, Luis Cláudio e Valdetário, compuseram a mesa da solenidade de abertura da Conap o presidente da OAB-PB, Paulo Maia; o vice-presidente Raoni Vita; o secretário geral, Assis Almeida; o secretário geral Adjunto, Rogério Cabral; a diretora Tesoureira, Tainá de Freitas; os conselheiros federais da OAB-PB pela Paraíba: Alfredo Rangel, Bruno Veloso, Delosmar Mendonça, Edward Jonhson, Marina Gadelha e Rogério Varela; os presidentes de Subseções: Jairo Oliveira (Campina Grande), João de Deus Quirino (Cajazeiras), Jaques Wanderley (Pombal) e Paulo César Medeiros (Patos); o presidente Caixa de Assistência do Advogados, Carlos Fábio; e o presidente da OABPrev-Nordeste, Adair Coutinho.

O procurador geral do Estado, Gilberto Carneiro, representou o governador Ricardo Coutinho no evento, Flavio Sátiro, representou o TCE, e o promotor Leonardo Quintans Coutinho, O MPPB. Este ano, a conferência paraibana homenageou o advogado Félix Araujo Filho, que recebeu a medalha Oswaldo Trigueiro, que é a mais alta comenda da OAB-PB.


O presidente Paulo Maia ressalta que a Conferência é um momento singular da advocacia, por isso a Instituição “conclama toda a advocacia paraibana a se fazer presente no evento, para expor seus pontos de vista e discutir acerca dos temas de interesse da classe e da sociedade”. No final da Conferência, as suas discussões e deliberações serão articuladas e postas em uma carta – a Carta de João Pessoa, que retratará a opinião dos advogados paraibanos e que será protocolada no Conselho Federal e no Conselho Seccional.

No final do seu discurso, Paulo Maia agradeceu a todos os presentes. O evento reuniu centenas de advogados, conselheiros estaduais da OAB-PB, presidentes de comissões e estudantes. “Hoje o que eu quero é apenas agradecer. Agradecer a todos que nos ajudam a fazer a OAB-PB ser tão grande”, sustentou.

1 visualização

Comentarios


bottom of page