Comissão de Direito Ambiental da OAB-PB participa do III Fórum de Qualidade Ambiental

A Comissão de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), participou, nessa quinta-feira (01), do III Fórum de Qualidade Ambiental da Cidade de João Pessoa. O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM-JP), e foi realizado no Teatro Armando Monteiro Neto, localizado na Rua Rodrigues Chaves, 90, Centro, João Pessoa (PB).

Na oportunidade, o presidente e o secretário da Comissão, Pedro Nóbrega e Márcio David, respectivamente, palestraram sobre o “Modelo de Desenvolvimento Urbano e as Consequências Derivadas.”

Para Pedro Nóbrega, é fundamental a integração das múltiplas visões sobre o Meio Ambiente,tratar as questões ambientais, requer fundamentalmente o somatório de visões, ciências e experiências.

“Não há resposta em um único ramo do conhecimento. O convite da SEMAM-JP permitiu a troca de saberes com o propósito transformativo da cidade, prevenindo o crescimento desenfreado e comprometedor da qualidade ambiental. Pudemos explanar os avanços energéticos como a Biomassa da cana-de-açúcar, os aerogeradores eólicos do Nordeste e o potencial solar em áreas tropicais. O que pretendemos focar é que, mais importante do que o valor pago por determinado bem/serviço é a sua origem e as consequências decorrentes de um modelo insustentável”, destacou.

Já o secretario da Comissão, Márcio David, afirmou que, o fortalecimento da advocacia ambiental presume uma maior participação em favor da sociedade, que é o papel que a comissão de direito ambiental vem realizando.

“De toda forma, pude explanar que o desenvolvimento ocorrido e tão criticado dos grandes centros urbanos não pode servir como premissa para que persigamos este modelo, sob pena de cairmos nas mesmas falhas, danos ambientais e decréscimo da qualidade de vida”, afirmou.

0 visualização
emails.jpg

INFORMATIVOS OAB-PB

Receba nossos informativos no seu e-mail

arrow&v
b-caa.png
b-esa.png
b-prev.png
b-oab.png