Comissão de Combate a Violência e Impunidade contra a mulher discute parcerias com a UFPB

A Comissão de Combate a Violência e a Impunidade contra a Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), se reuniu, na tarde desta segunda-feira (27), com o presidente da OAB-PB, Paulo Maia, para tratar de parcerias com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), iniciando com o projeto “Um Grito Por Elas, mulheres da UFPB contra a violência”.

De acordo com a presidente da Comissão, Katiele Marques da Silva, o projeto consiste num site no qual toda a universidade poderá denunciar todo tipo de violência: estupro, assedio, abuso, contra as mulheres.

Na reunião, também foram discutida as visitas feitas pela comissão aos juizados de especiais de combate a violência doméstica e familiar de Campina Grande e João Pessoa. “Nosso objetivo é apresentar nos juizados nossa comissão, mostrar que somos mais um mecanismo, uma porta de entrada desta rede de atendimento às mulheres”, afirmou.

Katiele acrescentou que está apresentando a comissão aos conselhos regionais de mulheres, as secretarias estaduais e municipais, as defensorias públicas e promotorias. “A comissão também está estudando a realização de um evento no mês de agosto, para comemorar a Lei Maria da Penha”, concluiu.

0 visualização