Comissão da OAB-PB participa do Lançamento da Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioa

A Comissão de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), participou, nesta quinta-feira (13), no auditório do Hotel Verde Green, do lançamento da Nova Política de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da Unimed João Pessoa.

O evento teve como objetivo, implementar uma política de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental capaz de gerar impactos positivos para os clientes, cooperados, colaboradores, prestadores de serviços e à sociedade.

De acordo com a representante da Comissão no evento, Taiara Desirée, “a política tem como objetivo central ratificar o comprometimento da Unimed com a promoção do desenvolvimento sustentável; formalizar a estratégia de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental da Cooperativa; e estabelecer as diretrizes para nortear as suas ações, aprimorar sua gestão e processo de tomada de decisões, visando a compreensão e alinhamento dos processos internos da Unimed João Pessoa à Política Nacional de Sustentabilidade do Sistema Unimed e à Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.”

Ela também disse que segundo Tedros A. G., Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) “somados os riscos do ar, da água e dos químicos, a poluição ambiental mata mais de 12,6 milhões de pessoas por ano”, e ainda, de acordo com Stephen O’Brien, Secretário-geral-adjunto para Assuntos Humanitários e Emergenciais da ONU, “o mundo está sofrendo a maior crise humanitária nos mais de 70 anos de história da Instituição”, diante da realidade atual e dos efeitos da mudança climática, falar sobre Desenvolvimento Sustentável é tema urgente em todos os segmentos da sociedade”, afirmou Taiara.

Ainda de acordo com Taiara, “os objetivos do Desenvolvimento Sustentável integram um plano de ação das Nações Unidas para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade. A Agenda 2030 é composta por 17 objetivos, 169 metas e 231 indicadores que constituem uma ambiciosa lista de tarefas para todas as pessoas, em todas as partes, a serem cumpridas até 2030.”

De acordo com o presidente da Comissão de Meio Ambiente da OAB-PB, Pedro Nóbrega, “a propositura de uma Política de Desenvolvimento Sustentável, como a lançada pela Unimed João Pessoa, é uma prova de que o setor reconhece o seu papel no que tange à responsabilidade socioambiental, formalizando um compromisso com a sociedade e o meio ambiente, à medida que busca alinhar as suas ações e atividades com ética, transparência e respeito às políticas sociais e ao ordenamento jurídico em vigor.”

Ela concluiu dizendo que “as questões ambientais transpassa o ativismo puro para ações propositivas de desenvolvimento, capazes de evoluir nosso atual modo de vida, muitas vezes estressante, extenuante e consumerista. Através destas ações que poderemos nos aproximar tecnologicamente de nações avançadas e, por outro lado, valorizar àquilo que nós temos de melhor: Potencial ambiental proveniente dos recursos naturais.”

0 visualização