Café Pensante: OAB-PB realiza debate com povos indígenas

A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), realizou, na tarde desta sexta-feira (13), no auditório da OAB-PB, em João Pessoa, a quinta edição do Café Pensante, que desta vez debateu a temática dos “Povos Indígenas” no Estado.

Após o evento, a presidente da Comissão, Leilane Soares, fez um balanço positivo dos debates do Café Pensante em 2019. “Nesta edição reunimos os povos tabajaras e potiguaras, debatendo temas relevantes e atuais que vivem os povos indígenas no cenário nacional e estadual, diante de tantas políticas que vêm sendo limitadas. Desta forma, a OAB abre as portas da cidadania para debater esses temas que contemplam os povos indígenas”, disse

Leilane Soares destaca que o Café Pensante é um projeto inovador da OAB-PB, através da Comissão de Direitos Humanos. Ela também lembrou que o Café Pensante debateu em 2019 temas como: Mulheres na Ditadura, Justiça Restaurativa, Segurança Pública, Gênero, Direito, Políticas Públicas, Educação e Relações Sociais. “Assim, a Comissão de Direitos Humanos cumpre seu papel na OAB Paraíba”, completou.

O cacique Caboquinho, do Povo Potiguara, destacou a importância do debate na OAB-PB, ressaltando como principal mote a demarcação das terras indígenas e ações nas áreas de saúde e educação. “A OAB-PB está de parabéns por abrir suas portas para os povos indígenas e ouvir suas demandas”, frisou.

Já o cacique Ednaldo, do Povo Tabajara, disse que o debate na OAB-PB foi uma excelente oportunidade para expor os retrocessos que atingem os povos indígenas na atualidade . “Desta forma a OAB-PB mostra aos povos indígenas que não estamos sós, é mais uma esperança de que não estamos sozinhos nessa luta”, afirmou.

0 visualização
emails.jpg

INFORMATIVOS OAB-PB

Receba nossos informativos no seu e-mail

arrow&v
b-caa.png
b-esa.png
b-prev.png
b-oab.png