Blitz das Prerrogativas atende advogados de Areia, Esperança e Remígio

A Comissão de Defesa das Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), deu continuidade, nesta quinta-feira (08), às atividades do projeto “Blitz das Prerrogativas”, iniciado ontem em Campina Grande.

A Blitz percorrerá todas as comarcas do estado da Paraíba para ouvir os reclames dos advogados e buscar solucionar problemas, além de orientar a sociedade civil em geral, sobre as prerrogativas dos advogados. Nesta quinta, a comitiva da Ordem visitou os Fóruns da Comarcas de Areia, Remígio e Esperança.

Campina Grande

Em Campina Grande, a Blitz das Prerrogativas visitou o Fórum Trabalhista e as Varas Unificadas de Família do Fórum Afonso Campos. A comitiva da OAB-PB foi composta pelo presidente da OAB-PB, Paulo Maia, e os membros da Comissão de Prerrogativas: Allyson Fortuna (presidente), Maria do Carmo Braga, Maria da glória Virgínio, Nathálya Carvalho, Joaquim Lorenzoni, Renata Sousa, Robério Capistrano, Mayara Araujo, Ariosvaldo Adelino e Arthur Nóbrega.

Paulo Maia disse que a Blitz “vai procurar solucionar de forma rápida questões simples do cotidiano e que ocorrem no âmbito dos locais onde o advogado presta seu serviço, que podem, se não sanadas, trazer um complicador e dificultar o trabalho do advogado e, consequentemente, a prestação dos serviços públicos para os cidadãos que buscam a defesa dos seus direitos”.

“No Fórum Trabalhista resolvemos três situações referentes a procedimentos em audiências e nas varas unificadas de Família entramos em contato com o diretor do Fórum e pedimos algumas providências simples, de baixo custo, mas que otimizam muito o trabalho do poder Judiciário, facilitam o trabalho do advogado e garantem maior celeridade aos jurisdicionados que procuram a Justiça estadual”, completou.

O presidente da Comissão de Prerrogativas, Allyson Fortuna, destacou que no Fórum Afonso Campos foi também discutido com o diretor, o juiz Bruno Isidro, a espera e atendimento específico para advogados no cartório unificado de Família e foi também distribuído manuais de prerrogativas para todos os servidores.

0 visualização