Assembleia Legislativa debate violência contra a pessoa idosa na Paraíba

Assembleia Legislativa debate violência contra a pessoa idosa na Paraíba

Publicado em 23 de agosto de 2017 às 18:12


23-08 - Sessão Especial debate a questão do idoso - ©2017 nyll pereira - 004

A parlamentar afirmou que o significado é dar a devida importância ao trabalho de educação e conscientização aos tipos de violações às pessoas acima de 60 anos. “A violência ao idoso não se dá apenas na agressão física, mas também no abandono, na injúria e na falta de cuidado. Portanto, são diversas formas de violência que temos a obrigação de alertar a sociedade”, explicou.


23-08 - Sessão Especial debate a questão do idoso - ©2017 nyll pereira - 006

A presidente do Conselho Municipal de Direitos do Idoso de João Pessoa, Nilsonete Lucena, alerta que as pessoas idosas que sofrerem qualquer tipo de violação deve ligar para o número 3218-6945. “A comunidade de uma forma geral ou o próprio familiar deve fazer uma denúncia anônima ao Conselho. Em seguida, fazemos uma visita que averigua essas negligências para, desse modo, realizar os encaminhamentos cabíveis”, concluiu.

Também participaram da Audiência Pública a presidente da Comissão em Defesa dos Direitos do Idoso da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB), Angélica Gurgel Butrus; a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Vandinei Viegas dos Anjos; a investigadora criminal da Delegacia do Idoso, Maria de Fátima Bezerra e a representante da Câmara Municipal de João Pessoa, vereadora Helena Holanda.

0 visualização